Revista Educação Sexual em Rede

Tratando-se a Educação Sexual nas escolas de uma componente essencial do processo educativo, quer na promoção do desenvolvimento harmonioso de crianças e jovens, quer na promoção da saúde e prevenção de problemas como a gravidez na adolescência, o contágio pelo VIH/SIDA e outras infecções sexualmente transmissíveis, a APF tem procurado, ao longo dos anos, dar apoio de carácter diversificado às escolas.

Este apoio traduz-se na concepção e desenvolvimento de projectos de educação sexual, na realização de acções de formação e sensibilização para professores, encarregados de educação e outros agentes da comunidade educativa, distribuição de documentação técnica e materiais pedagógicos, para além dos cursos que o Centro de Formação organiza destinados à formação contínua de professores. Há praticamente quatro décadas que a APF trabalha no apoio e formação de professores.

Ao longo dos anos foram muitas as escolas e os professores que se envolveram directa e activamente em projectos de educação sexual. No entanto, e considerando que o conhecimento e a visibilidade destes projectos e experiências ainda era escasso, bem como o intercâmbio entre as escolas e os actores envolvidos neste processo, a APF decidiu produzir uma publicação periódica centrada na educação sexual nas escolas portuguesas que permitisse, através de uma ampla disseminação, dar visibilidade e credibilidade aos projectos desenvolvidos nesta área e, simultaneamente, promovesse o intercâmbio de experiências entre as escolas e os profissionais envolvidos em educação sexual, a divulgação de boas práticas, o debate sobre questões científicas e técnicas e a criação de redes de trabalho em educação sexual de âmbito nacional e regional.

Assim surgiu a Revista Educação Sexual em Rede, publicação que foi editada entre 2005 e 2012. Fundamentalmente destinada a professores e escolas, esta publicação foi igualmente divulgada a profissionais de saúde e a todos os profissionais potencialmente envolvidos na promoção de actividades e projectos de educação sexual nas escolas, organismos regionais e centrais do Ministério da Educação, associações profissionais e centros de formação de professores.

Em 2012, a Revista foi suspensa, pela impossibilidade de a APF manter os custos da produção e expedição desta Revista.

Números disponíveis para consulta ou download:

Capa Educação Sexual em Rede 1
Educação Sexual em Rede Nº 1 - 2005

Capa Educação Sexual em Rede Nº 2
Educação Sexual em Rede Nº 2 - 2005

Educação Sexual em Rede Nº 3
Educação Sexual em Rede Nº 3 - 2008

Educação Sexual em Rede Nº 4
Educação Sexual em Rede Nº 4 - 2008

Capa Educação Sexual em Rede Nº 5
Educação Sexual em Rede Nº 5 - 2009

Capa Educação Sexual em Rede Nº 6
Educação Sexual em Rede Nº 6 - 2010

Capa Educação Sexual em Rede Nº 7
Educação Sexual em Rede Nº 7 - 2011

Capa Educação Sexual em Rede Nº 8

Educação Sexual em Rede Nº 8 - 2012