Trabalho da APF sobre MGF e Casamentos Forçados

3 Agosto 2016

4 projetos MGF

A APF foi pioneira no tema da MGF desde o final dos anos 90, promovendo o conhecimento sobre o tema, muito desconhecido na época, promovendo advocacy com parlamentares e decisores políticos, produzindo materiais educativos e de formação sobre MGF. Teve também um papel decisivo no Grupo de Trabalho Intersetorial para a Prevenção e Erradicação da MGF e esteve envolvida em vários projetos com organizações comunitárias, nomeadamente da diáspora guineense.

Neste momento, a APF está envolvida em quatro Projetos que mantêm o foco na Mutilação Genital Feminina e os Casamentos Forçados. 

De âmbito diversificado, dedicados ao estudo e compreensão das atitudes e crenças prevalentes nas comunidades afetadas, à criação de websites e produção de materiais, à intervenção comunitária, ao trabalho com doadores e mecenas, capacitação das organizações das comunidades afetadas pela MGF para intervenção direta e trabalho no terreno ou estimulando o debate público e a resolução das problemáticas no que respeita à prevenção e combate destas práticas nefastas.

Fique a conhecer melhor os Projetos em curso: