Direito a Viver sem Mutilação Genital Feminina | Associação para o Planeamento da Família

Direito a Viver sem Mutilação Genital Feminina

28 Julho 2016

«Direito a Viver sem Mutilação Genital Feminina» é o mote da campanha lançada a 20 de julho de 2016, no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Esta iniciativa, que irá decorrer até setembro nos aeroportos nacionais, com o objetivo de prestar informação sobre as consequências e os riscos da Mutilação Genital Feminina (MGF).

A campanha enquadra-se no III Programa de Ação para Prevenção e Eliminação da Mutilação Genital Feminina 2014-2017, coordenado pela Comissão apra a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), e é uma iniciativa conjunta do Governo em parceria com várias entidades públicas e privadas, entre elas a APF.

Veja no Youtube o Video da FlashMob "O Direito a Viver sem MGF" do dia 20 de Julho.

Para conhecer mais materiais e informações sobre a campanha, consulte a página da CIG .