APF defende o direito à autodeterminação das identidades de género

10 Julho 2018

Em 2018, e tal como em anos anteriores, a APF esteve presente nas Marchas do Orgulho LGBTI em vários locais do país, defendendo a resolução dos problemas da comunidade LGBTI+ como o direito à autodeterminação das identidades de género ou a protecção relativamente a discriminações.

Na 1ª Marcha e Arraial LGBTI, em Faro, no dia 19 de Maio:

Marcha Orgulho LGBTI Algarve Marcha Orgulho LGBTI Algarve Marcha Orgulho LGBTI Algarve2

na 19ª Marcha do Orgulho LGBTI+, em Lisboa, no dia 16 de Junho:

Marcha Orgulho LGBTI Lisboa Marcha Orgulho LGBTI Lisboa1 Marcha Orgulho LGBTI Lisboa2

 

e na 13ª Marcha do Orgulho LGBT+, no Porto, no dia 7 de Julho de 2018:

Marcha Orgulho LGBTI Porto Marcha Orgulho LGBTI Porto Marcha Orgulho LGBTI Porto3