Adesivo

Adesivo contracetivo

O que é?
O adesivo transdérmico é um método contracetivo hormonal de uso semanal. É constituído por hormonas (estrogénio e progestagénio) que são libertadas diariamente através da pele para a corrente sanguínea.

Como atua?
Trata-se de um adesivo fino de cor beje, quadrado, confortável e fácil de aplicar. O adesivo transfere uma dose diária de hormonas - estrogénio e progestagénio - através da pele para a corrente sanguínea.

Estas hormonas são similares às  produzidas pelos ovários e usadas também nas pílulas contracetivas.

O adesivo funciona de duas formas:

  • Impede a ovulação (libertação do óvulo); e
  • Torna mais espesso o muco do colo do útero, dificultando a entrada dos espermatozóides no útero.

Onde se pode aplicar o adesivo contracetivo?

  • Na parte de fora do braço;
  • Nas costas;
  • No abdómen; ou
  • Na nádega.

Convém sempre ser colocado num sítio em que não ocorra o contacto com roupas justas. Pode ser colocado em locais diferentes cada semana, para diminuir a possibilidade de irritação cutânea.

Onde NÃO se deve aplicar o adesivo contracetivo?

O adesivo não deve ser colocado:

  • na zona do peito; ou
  • a pele vermelha, irritada ou com cortes.

Deve verificar todos os dias se o adesivo está bem colocado.

Que cuidados se deve ter?

  • A pele deverá estar limpa, seca e sem pelo;
  • Aplique só um adesivo de cada vez (retirando o usado antes de aplicar o novo);
  • Deve ser firmemente pressionado contra a pele até as extremidades aderirem bem; e
  • Não utilize cremes, óleos, loções ou maquilhagem sobre o qual irá aplicar um adesivo ou próximo de um adesivo que já esteja a utilizar. Isto poderá fazer com que o adesivo se descole.

Qual o nível de eficácia?
Estima-se que a taxa de eficácia se aproxime dos 99%.    

Como se utiliza?
Cada adesivo é colocado uma vez por semana, durante 3 semanas consecutivas, seguidas de uma semana de descanso:

  • Deixa-se o adesivo colado durante 7 dias (uma semana). No 8º dia, o primeiro adesivo é retirado e substituído imediatamente por outro - "dia de mudança". O adesivo pode ser mudado a qualquer hora do dia;
  • Coloca-se o terceiro adesivo ao 15º dia (semana 3). Isto completa um total de três semanas de utilização de adesivos;
  • Após três semanas, faz a sua "semana de descanso" (dia 22 ao dia 28), durante a qual surge uma hemorragia (hemorragia de privação); e
  • Um novo ciclo recomeça após um período de sete dias sem o adesivo. O novo adesivo é aplicado no 8º dia, independentemente de ainda se ter, ou não, a menstruação.

Se a mulher aplicar o adesivo num dia qualquer à sua escolha e não no 1º dia da menstruação (1º dia do ciclo), é necessário que se proteja durante sete dias com um método contracetivo não hormonal, como por exemplo, o preservativo ou espermicidas.

E se o adesivo se deslocar?

Se o adesivo tiver deslocado parcial ou completamente há menos de 24 horas:

  • Volte a tentar colocar o adesivo ou aplique imediatamente o adesivo seguinte; e
  • Não é necessário utilizar um método contracetivo adicional (preservativo).

Se o adesivo tiver deslocado parcial ou completamente há mais de 24 horas:

  • Volte a tentar colocar o adesivo ou aplique imediatamente o adesivo seguinte e deve utilizar um método contracetivo adicional (preservativo), durante uma semana; e
  • Em caso de dúvida consulte um profissional de saúde.

E se me esquecer de mudar o adesivo?

Semana 1 (o adesivo não foi colocado no dia previsto):

  • Aplicar novo adesivo de imediato, iniciando um novo ciclo;
  • Usar contraceção suplementar durante 7 dias; e
  • Se o atraso no início foi maior ou igual a 3 dias e tiver havido relações sexuais vaginais não protegidas, deve contactar o médico imediatamente ou utilizar a contraceção de emergência.

Semana 2 ou 3 (o adesivo não foi substituído no dia correto):

  • Menos de 48 horas: aplicar novo adesivo imediatamente, manter o dia previsto para a substituição seguinte; ou
  • Mais de 48 horas: aplicar novo adesivo, iniciar um novo ciclo e durante 7 dias utilizar contraceção suplementar.

O adesivo não foi retirado no fim do ciclo:

  • Retirar o adesivo e colocar um novo, no dia previsto.

Quais as vantagens?

  • É um método para mulheres que querem contraceção hormonal combinada e não toleram ou não querem os contracetivos orais;
  • É de uso semanal, pelo que não tem que pensar todos os dias em contraceção, apenas tem que se lembrar de mudar uma vez por semana o adesivo;
  • É fácil de usar;
  • Ao contrário da pílula, as hormonas não necessitam de ser absorvidas pelo aparelho digestivo, permitindo que a eficácia deste método não seja posta em causa, em caso de vómitos ou diarreia;
  • Normalmente torna as hemorragias regulares, mais curtas e menos dolorosas;
  • É um método reversível; e
  • O adesivo oferece uma excelente aderência. A mulher pode continuar a realizar as suas atividades diárias como o banho, duche, idas à piscina, exercício físico, sem nenhuma medida especial de precaução.

E as desvantagens?

Quais são os efeitos secundários?

Existem situações nas quais é desaconselhada a utilização do adesivo contracetivo.
Os seus efeitos secundários são similares aos observados com a pílula combinada. Assim, mulheres que têm contra-indicações para o uso da pílula, não podem utilizar este método contracetivo.

Os sintomas mais frequentes são:

  • Dores de cabeça;
  • Náuseas e vómitos;
  • Tensão mamária;
  • Perda de sangue escassa e irregular; e
  • Reações alérgicas ou irritações no local de aplicação.